Rodada das Eliminatórias terá primeira vaga direta de europeus para a Copa da Rússia

Crédito: Belgian Red Devils

Neste domingo começa a antepenúltima rodada das Eliminatórias para a Copa do Mundo da Rússia, uma rodada que já deve definir bastante coisa na classificação para o Mundial do próximo ano. A Europa deve ter seu primeiro país classificado via eliminatória para se juntar a Brasil, Irã, Japão, México e Rússia. Além disso, tem seleção tradicional em apuros.

A Holanda, por exemplo, joga no exato momento em que escrevo contra a Bulgária e, caso não vença, pode dar adeus até para a repescagem. A França pode colocar nove dedos na vaga com uma (muito provável) vitória sobre Luxemburgo em casa. Tudo isso no grupo B, que ainda tem a Suécia tentando se manter na faixa de repescagem ao encarar Belarus fora de seu território.

Na disputa pela vaga do grupo B, Suíça e Portugal têm compromissos fora de casa contra Letônia e Hungria, respectivamente. Um tropeço dos portugueses e o país que hospeda a sede da Fifa – e até agora venceu todos os seus jogos – fica muito perto da classificação direta, jogando o time de Cristiano Ronaldo na repescagem.

Lá vem eles de novo… Foto: Die Mannschaft

Com 100% de aproveitamento, a Alemanha poderá oficializar sua classificação para a Copa nesta segunda-feira, quando encara a Noruega. Já no Grupo B, a disputa segue um pouco embolada e tem um jogo interessante entre a líder Sérvia e a vice-líder Irlanda, o que pode abrir uma brecha para a chegada do País de Gales, de Gareth Bale, time que encara a fraquíssima Moldávia e está a apenas 4 pontos dos líderes.

A goleada dos dinamarqueses na última rodada diante da então invicta Polônia deixou mais aberta a disputa no Grupo E, com os poloneses ainda liderando com 16 pontos, apenas três a mais que Montenegro e a Dinamarca. Mas a rodada coloca os líderes para receber o saco de pancada do grupo, Cazaquistão, enquanto a Dinamarca joga fora de casa contra Armênia e Montenegro pega a Romênia, que não está tão distante da briga para ir à repescagem.

Outro país invicto, a Inglaterra pega a vice-líder Eslováquia em casa pelo grupo F. Como a diferença é de dois pontos, é a chance de os ingleses acabarem com a esperança dos eslovacos pela vaga direta. Quem perder, se complica. Como se complicou a Itália no sábado ao ser surrada pela Espanha, que ficou com a mão na vaga do Grupo G tendo pela frente Liechtenstein (na terça), Albânia e Israel em outubro para confirmar a primeira posição.

Diabos belgas com a vaga nas mãos. Foto: Belgian Red Devils

Uma vitória basta para a tal “Geração Belga” ir a mais um Mundial no Grupo H. Os belgas jogam fora de casa com a vice-líder Grécia e não poderão mais ser alcançados com mais três pontos. Por fim, a Croácia concluiu na manhã deste domingo (devido à forte chuva do sábado) a sétima rodada no Grupo I com uma vitória simples sobre Kosovo para assegurar a liderança com 16 pontos no grupo mais equilibrado das Eliminatórias Europeias. A próxima rodada tem duelos entre croatas e turcos (estes com 11 pontos), além de Ucrânia (14) contra a Islândia (13).

Seguindo para a África, a Nigéria pode ficar com um pé e meio na vaga nesta segunda-feira, quando enfrenta Camarões fora de casa. Os nigerianos somam 9 pontos no grupo B, 5 a mais que a vice-líder Zambia. Para confirmar a classificação nigeriana, basta uma vitória e um tropeço do time zambiano fora de casa contra a Argélia.

Os demais grupos africanos ainda estão abertos e não têm chances de algum país classificado nesta rodada, apenas em outubro.

Americanos podem se complicar na rodada. Foto: U.S. Soccer

Nas Américas Central, do Norte e Caribe, a Costa Rica receberá na segunda-feira o México precisando de uma vitória para também confirmar a classificação, como fizeram os mexicanos na última semana. Honduras recebe os Estados Unidos, enquanto o Panamá encara Trinidad e Tobago, cenário que pode deixar os americanos fora até da faixa de ida para a repescagem.

A Ásia já tem garantidos Irã e Japão, mas define tudo mesmo na terça-feira, quando acontece a rodada final. A disputa no Grupo A tem Coreia do Sul, Síria e Uzbequistão na disputa pela segunda vaga, enquanto Arábia Saudita e Austrália tentam a classificação no Grupo B. Vale lembrar que os terceiros colocados de cada grupo – hoje Síria e Austrália – se enfrentam para ir à repescagem contra o quarto da Concacaf.

E chegamos à América do Sul, que tem o Brasil classificado a milhas de distância para os demais postulantes às demais três vagas diretas que sobraram e uma de repescagem. A rodada da última semana embolou bastante a disputa, sendo que a distância entre a vice-líder Colômbia (que encara o Brasil na terça) e o oitavo Equador é de 5 pontos. Com os tropeços na rodada passada, Argentina e Chile encaram as já eliminadas Venezuela e Bolívia, respectivamente, com obrigação de vitória pra não complicar para as duas rodadas finais, que acontecem na primeira quinzena de outubro. Equador contra Peru e Paraguai contra Uruguai podem mexer bastante na tabela de classificação.

Anúncios

Autor: rubenslisboa

Jornalista. Ex-repórter de Lance!, UOL Esporte, e Confederação Brasileira de Tênis. Músico (não-praticante) nas horas vagas. Fã de várias vertentes de música, especialmente Rock e Heavy Metal. Um colecionador de covers, tributos, versões alteradas e plágios descarados no mundo da música.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.